Sobre Zé Limeira

fotoZeLimeira.jpg

Mande Uma Mensagem

nome *
nome
 

Zé Limeira, O poeta do Absurdo o Surrealista dos Pobres.

Zé Limeira foi um repentista, cantador e poeta Nascido no Sítio Tauá, em Teixeira, na Paraíba (1886). Ele ficou imortalizado como o Poeta do Absurdo na obra de Orlando Tejo: Zé Limeira, O poeta do Absurdo. Não se sabe ao certo se o fantástico personagem existiu ou se foi uma criação de Tejo, mas se ele existiu (e existem relatos que sim), a construção de Tejo o tornou um mito. Com pouco conhecimento da lígua e de história, Zé Limeira ousou se tornar um cantador num tempo em que os desafios de viola eram comuns e que a platéia era exigente. Sua rima e métrica eram perfeitas porém seu conhecimento dos assuntos narrados e do vernáculo não lhe davam subsídios para construções de versos fidedignos aos fatos históricos. O desconhecimento da história não lhe causada medo e atropelando a história construía versos fortes que combinados com sua voz e carisma botavam abaixo seus competidores nos desafios nas praças das cidades do sertão. As historias que pretendo contar serão tão fantásticas quanto sua a própria existência e a forma como ela foi narrada por orlando Tejo.
Use os links abaixo para aumentar a sua experiência com as historias pulicadas. Aqui publicaremos referências e material que ajudará a entender melhor cada história.

Quanto
Doação Projeto Zé Limeira